Bahia - Porto Seguro e Nordeste Brasileiro

Curiosidade em Porto Seguro: carro em primeiro lugar

Curiosidade em Porto Seguro carro em primeiro lugar

Olha que informação curiosa o Portal Operação Porto Seguro traz a vocês.  Durante a pandemia da Covid-19, o serviço do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-BA) mais procurado tem sido a renovação da carteira de habilitação (CNH), mesmo estando em vigor a suspensão dos prazos de validade das carteiras vencidas desde 19 de fevereiro. O condutor ainda pode circular com o documento vencido, por tempo indeterminado.

Entre maio e setembro, dos 24.875 procedimentos do Detran-BA realizados em cinco postos SAC na capital, 9.717 (39%) foram de renovação da CNH. O serviço registrou mais solicitações no SAC Comércio (3.641), Pau da Lima (1.991), Barra (1.476), Salvador Shopping (1.433) e Shopping da Bahia (1.176).

No interior do estado, a situação se repetiu. Dos 26.389 serviços de trânsito em cinco unidades, 9.044 (34,2%) foram de atualização da habilitação, com maior procura nos postos SAC Feira II ( 3.171), Conquista II (2.400), Barreiras (1.342), Alagoinhas (1.177) e Jacobina (954).

Na relação dos usuários estavam aqueles que preferiram se antecipar ao retorno dos prazos de validade da CNH, condutores de atividades essenciais com habilitação vencida antes de 19 de fevereiro e profissionais que ficaram sem emprego e foram trabalhar como motoristas de transporte por aplicativo, solicitando no ato da renovação da CNH a inclusão da atividade remunerada, uma exigência das empresas do setor. 

O Detran-BA ressalta que todos os serviços do órgão estão disponíveis somente por agendamento no portal ou aplicativo SAC Digital.
Calamidade pública

Foi publicado no Diário Oficial na quinta-feira (8) um novo decreto de calamidade pública na Bahia em virtude da pandemia do coronavírus. O decreto entra em vigor na data da publicação.
Com o novo documento, fica autorizada a mobilização de todos os órgãos estaduais, no âmbito das suas competências, para apoiar as ações de resposta ao desastre. Estado e municípios poderão acessar recursos federais via Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil para que sejam utilizados no combate à pandemia da Covid-19.

O documento será encaminhado ao Governo Federal para que seja obtido o reconhecimento da União. O novo decreto substitui o anterior, publicado pelo Governo do Estado em abril, e que tinha validade até 7 de outubro. 

Nosso Blog

VER TODAS